segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Mike's stupid Heart - Part III: Time to rock...Again

Dias se passaram desde então...Tudo o que Mike tinha eram fotos com sua Musa..fotos essas que ele não se cansava de admirar...E imaginar como seria se aquilo tivesse realmente um significado a mais... Mike havia prometido a si mesmo: "eu vou resolver essa situação de uma vez por todas!"
Entre encontros e desencontros da vida mais uma vez, Mike reencontra sua Musa pelo caminho. Conversas agradáveis com sorrisos vindo de ambos os lados, palavras se atropelam, Mike sempre se perde quando está  em seu coquetel molotov de nervosismo, empolgação e ansiedade.
Mike a chama para mais um show, ela aceita, Mike fica feliz da vida novamente e todos os "blá blá blás" já mencionados anteriormente. Combinam de comprar as entradas antecipadamente juntos. Após algumas tentativas frustradas, onde Mike ficou a ver navios e tomou bolo 2 vezes, Chega um dia em que tudo deu certo. E foi um dia bem legal para Mike, pois ele passou uma manhã inteira com sua Musa..lado a lado! Mike estava até confiante! Mas ainda assim, Mike não agiu. Achou melhor esperar pelo dia do show.

Passam-se as semanas, Finalmente chega o dia do Show. Tudo combinado, horário, local, nada tinha como dar errado! Até a semana q tinha sido de chuva, nesse dia resolveu presentear com um sol. O universo conspirando a favor! Mike mais uma vez não se aguenta e chega mais cedo. Parece gostar de esperar, apesar de não ser a verdade. Pessoas e mais pessoas vem e vão, mas ela não está entre nenhum dos rostos na multidão. A cada característica parecida que surgia de longe, Mike já se alarmava, mas quando percebia que não era, logo voltava sua face ao chão.
Embalado por sons em seu fone de ouvido, é como se anulasse o tempo, não percebendo o quanto ele passa, o quando sua espera já dura por uma hora!
Mais uma vez atrasada, chega sua Musa..."deve ser bem típico das mulheres" - Pensa Mike em silêncio. Após um beijo no rosto e um abraço, partem para o destino.

Conversam, andam, sorriem, mas algo não está muito certo. Há algo incomodando sua Musa, que embora ainda brinque e fale bastante, nota-se que está meio "fora do ar".
Mike tenta animar com suas piadinhas e suas danças, o que já era meio que de praxe, mas algo não está certo. As coisas não fluíam como nas outras vezes, não havia animação de verdade por parte de sua Musa. Era como se só estivesse ali porque já havia marcado. Entre diálogos, Mike percebe que não há muito o que se fazer. E em um diálogo específico, percebe o que não queria...Talvez as coisas não estivessem tão bem quanto ele achava, talvez ele tenha fantasiado as coisas demais em sua cabeça... Mike decide então Deixar como está, e esquecer todos os conselhos do Cara no espelho.
Mike e sua Musa vão embora juntos, mais uma vez embalados pelo balançar dos vagões, mas Mike sempre tem que tomar outro rumo no meio do caminho, já que mora em uma cidade e a Musa em outra.

Voltando já sozinho, há espera de seu ônibus, Mike se encontra mais confuso do que nunca: "Será que eu viajei esse tempo todo? será que interpretei tudo errado desde o começo? E aquelas perguntas? Eram 'um verde'?" 
Sabendo que não obteria respostas,ao chegar em casa Mike decide dar sua sentença:
"Desisto! Sei que não há glória alguma há quem desiste, mas 'pelo sim e pelo não', não fará diferença mesmo!"
disse Mike ao cara no espelho.
Sem deixar tempo para respostas, foi encontrar-se com seu travesseiro e cobertor mais uma vez, fechando os olhos com força, desejando mais do que nunca que o sono tome conta logo.   
Mas se o cara do espelho tivesse tido tempo, talvez diria:
"Mike, meu amigo, você não se cansa de errar? Você poderia pelo menos ter dito algo, se o sofrimento viesse, ele seria 'á vista' e você teria certeza 'do que é' e 'do que não é'...ao invés de ter esse sofrimento 'á prazo', em tantas prestações e juros que você nem consegue calcular! Mike, meu amigo, você conseguiu piorar as coisas mais uma vez. E advinha: quem tá saindo perdendo é você!"  

Continua...

Nenhum comentário: