domingo, 10 de junho de 2012

Mike's Redemption: "Os Continues"

            Passaram-se dias, passaram-se meses, Mike estava se reabilitando. Não pensava mais em sua ex-Musa, muito menos na sua ex-Nova Investida. Ele estava deixando o corpo ser levado pelo rio, boiando despreocupadamente.
Ninguém mais o via triste ou abatido, não mais sofria a toa, vivia um dia após o outro, de bem com a vida, de bem com o Cara no Espelho.
Durante esse tempo, Mike deixou-se livre, como nunca havia feito antes. Livre para as oportunidades, livre para o que a vida haveria de lhe dar. Mas a vida não havia lhe dado nada...
Começou uma nova rotina de estudos e trabalho, ainda que iniciando, tudo sendo muito novo até então. Não tinha mais o tempo que lhe sobrava, trocara o fuso completamente agora, tendo que se reabilitar em sua "nova vida".
Em meio a tudo isso, recebe uma ligação inesperada de "uma velha história": 

- Oi! Tudo bom? Queria te ver...conversar...
- ah! td bem sim ! por mim demorou!
- Então tá, nos vemos então!

- ok!

Estava assim combinado então, um reencontro.
            No dia, ele fica a esperar, inquieto, sem saber o que o espera, afinal, já fazia um bom tempo que não via sua "velha história". Ela chega, e começam a conversar...falam sobre a vida, falam sobre as coisas que sempre tiveram em comum, gostos, enfim, o de sempre...as mesmas conversas que sempre tiveram. As horas passam, Mike tinha que partir para seu dever, ela o acompanha e aí começa a falar, do nada, sobre o tempo que se conhecem, sobre como se sentia em relação a ele, como queria te-lo por perto...Mike não reconhecia sua "velha história", estava totalmente diferente de como era acostumado a ve-la. Atrasado para o trabalho e chocado com a situação, parte sem jeito, deixando um ar de Fuga á situação.
Mike não sabia o que pensar sobre aquilo, ao mesmo tempo que era tudo novo, era sua "velha história" alí...anos haviam se passado, muitas coisas haviam mudado, como proceder? Mike se via mais uma vez confuso e com o dever de responder a tal oferta, passou a semana inteira com aquilo na cabeça.
            Na semana seguinte, Ele reencontra sua "velha história" e decide dar sinal verde. Começa aí o que devia ter começado há anos atrás! Tal qual um "Chinese Democracy" na vida de ambos. 
Tudo parecia correr muito bem, dias foram passando, decidiram sair, mas as coisas não correram como Mike imaginava: era tudo tão estranho, "seco"... Um casal de completos estranhos, que se conheciam tão bem até então...Saíram novamente depois de alguns dias...e tudo continuou igualmente seco! Faltava alguma coisa, mas ninguém saberia dizer o que é, nem mesmo os dois. Mike não conseguia dormir direito, ficava tentando entender o que havia feito de errado. Resolveu conversar com o Cara no Espelho, perguntar o que de fato estava levando aquilo q se imaginou ser tão perfeito, em algo tão desanimador:
- Mike, meu caro Mike! Eu não sei se estou certo, ou errado, mas não há como se revelar algo, quando os dois lados se escondem dentro de si próprios. Se encontre, tente faze-la se encontrar também...se não der certo, quem poderá culpar quem afinal??
Mike não entendeu muito bem, mas pensou, trancou-se em seus pensamentos.
            Dias se passaram entre SMSs secos e frios, que mais pareciam ser trocados por amigos distantes do mesmo sexo do que por duas pessoas que diziam "se amar"...Mike não aguentava mais isso, sentia-se mal por achar estar fingindo um sentimento que havia morrido, antes mesmo de ganhar vida...Decidiu então por fim nessa história...mas COMO? Como não machuca-la?
Pensou, pensou e pensou novamente. Seria impossível os dois lados ficarem bem com a situação, enxergando isso, Mike pensou: "então que se foda! vai doer de qualquer jeito!" e assim, "deu Start" em uma atitude ainda mais fria e egoísta: mandou uma carta calibre 44 diretamente ao coração de sua "velha história", por meio de uma rede social, sem pensar em mais nada além do peso que tiraria de suas costas. Aí morava o erro, mais uma vez!
Partiu o coração de sua "velha história" fortemente, deixou-a sem entender nada além de que se tornara um monstro infeliz e escroto aos olhos dela. De certa forma, apesar de realmente sentir-se um monstro escroto, Mike parecia ter gostado disso. Teria Mike se tornado um ser sem coração então? Ou apenas teria ele aceito que a vida é cheia de perdas e ganhos??? Não é a toa que os jogos vem com "Retry" e "continues"...